13/10/2015

Solteiros estão no foco do setor imobiliário

Projetos incluem facilidades como lavanderia, camareira e lazer - tudo à mão do morador

Visando um novo público-alvo, as construtoras vêm adaptando seus projetos de apartamentos para os solteiros. Home services, residenciais, flats e lofts são estruturas que semoldampara pessoas que moram sozinhas. Com cerca de 77 milhões de pessoas consideradas solteiras – metade da população -, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), as empresas encontraram no mercado imobiliáriomodelos que oferecem serviços para assegurar praticidade e comodidade. Lavanderia, camareira e academia são alguns dos recursos disponíveis aos moradores nos imóveis. Muitos dos empreendimentos apresentam em seus projetos os apartamentos compactos. Por isso, a tendência dos preços desses apartamentos é ser menor, já que os espaços são incorporados.

Imóvel que dispõe dessa característica é o home service, que oferece vários serviços, como limpeza e lavanderia. As unidades apresentam áreas compactas comumou dois quartos mais espaço opcional para cozinha e banheiro, além de nos terrenos terem área de lazer. Tradicional nomercado pernambucano de home service, a construtora Dallas apresenta vantagemdas unidades do primeiro ao último andar teremo mesmo preço, a rentabilidade para quem compra é grande. “O valor do aluguel equivale a 1% do valor investido, então o investidor compra pela faixa de R$ 185 mil e aluga entre R$ 1,7 mil e R$ 2mil”, apresentou o diretor da Dallas, Sérgio Arruda, acrescentando que as áreas que possuem um quarto variam de 22 m² a 32m², e os espaços com dois quartos ficam entre 45m² e 60m². Um residencial que também disponibiliza uma infraestrutura de serviços e espaços de lazer para os moradores é o Le Parc Boa Viagem. Com segurança, o condomínio apresenta comodidades voltadas para solteiros, como delicatessen, lavanderia, lavagem de veículos, venda de água mineral, salão de beleza, alémde poder contratar serviços a partir d funcionários do Le Parc. Com mais de mil unidades os apartamentos podem ser personalizados pelo proprietário.

Morando sozinho no Le Parc desde novembro do ano passado, o engenheiro Calíop Pedrosa optou pelo condomínio devido aos variados recur sos oferecidos. “Costumo utili zar bastante os serviços, como a academia e o bar que dispo nibiliza almoço, então muita vezes no final de semana eu almoço no local”, disse Pedrosa acrescentando que todas a disponibilidades contribue para evitar até mesmo se locomover devido aos constante trânsitos da cidade.